domingo, 1 de agosto de 2010

Piso novo na casa

Foto: Allan Feio Arquitetura
Há várias opções para quem busca mudar o visual de onde mora

Já pensou em mudar o piso da sua casa? O melhor tipo para quem quer reformar a casa é aquele que traz melhor custo/benefício para toda a família. Ele precisa ser bonito, fácil de limpar, de conservar e que seja, de preferência, ecologicamente correto. Em livings, banheiros, cozinhas, áreas de serviço e algumas salas, os profissionais indicam os pisos frios – como porcelanatos, cerâmicas, pedras naturais, cimento queimado e acimentado refratário. Nos quartos e salas, muitas pessoas gostam de opções mais aconchegantes, como os tacos e os laminados de madeira. Mas isso em regiões mais frias.
Nas cidades onde a temperatura é quente o ano todo, como no Pará, por exemplo, as construtoras já entregam os apartamentos – e também muitas casas – com pisos frios. O arquiteto paraense Allan Feio revela que os mais pedidos são porcelanato e cerâmica. “Como nosso clima é quente e úmido, essas são as melhores opções. Carpete é quase fora de cogitação.” Ele lembra que, na década de 1970, por modismo, algumas pessoas optaram pelo tapete, porém, logo o hábito caiu em desuso. “O melhor custo/benefício é o porcelanato, porém, as cerâmicas oferecem mais opções de cor e estilo”, comenta. Apesar de muito procurado pelos moradores da região Sudeste, o cimento queimado e o acimentado refratário – mesmo sendo pisos frios – ainda não caíram no gosto dos moradores das regiões Norte e Nordeste. “Eles têm um perfil mais clássico.”

Opções de pisos para casa

Você resolveu trocar o piso da sua casa, mas não tem ideia de qual optar? Então, dê uma olhada nas opções de pisos disponíveis no mercado, suas vantagens e desvantagens e veja qual se encaixa mais com a sua casa.

Frios

Cerâmica – é durável, econômica, oferece muita variedade e boa resistência. O ideal é limpar esse piso com pano úmido, água e sabão.
Porcelanato – apresenta melhor resistência às manchas, é um piso leve, muito resistente e durável. Pode ser instalado em todos os tipos de ambientes.
Pedras naturais (granito e mármore) – são muito elegantes. Como são piso naturais, apresentam variação de texturas e cores. Devem ser evitados em regiões frias, pois potencializam a sensação gelada do ambiente.
Cimento queimado – fica lindo em qualquer ambiente e você pode compor com outros pisos, como o ladrilho hidráulico, por exemplo. No entanto, ainda falta mão de obra especializada, por isso, o custo é mais elevado. Pode apresentar trincas e manchas futuras.
Acimentado refratário – atérmico e antiderrapante, fica lindo em todos os ambientes. Apresenta grande variação de cores, tamanhos e texturas. Por ser atérmico, é ideal em qualquer tipo de clima e ambiente. Porém, o custo é elevado e precisa de material de limpeza específico para mantê-lo conservado.

Quentes

Assoalho de madeira – a principal vantagem é a durabilidade. Apresenta um elevado custo em relação aos demais pisos de madeira (laminados) e é preciso fazer manutenção nesses laminados a cada dez anos.
Laminados – bem mais barato que o assoalho de madeira, é de rápida instalação. Por isso, é fácil substituir as partes danificadas, quando necessário.

Publicado no Portal Vital, com alterações.
http://www.portalvital.com/sua-casa/decoracao/piso-novo-na-casa/

3 comentários:

Lívia disse...

Olá Allan!
Vi sei post sobre cimento queimado e moro em tucuruí (sudeste do estado do Pará) e estou querendo revestir uma das paredes da sala de minha casa com cimento queimado. Só que, como vc colocou no post a questão é exatamente a mão de obra qualificada!
Vc conhece ou indicaria algum profissional para executar esta pequena obra pra mim?
Se puder me ajudar ficarei muito grata!!!
Se preferir, te envio as dimenções e vc faz um projeto bem legal pra essa parede, é coisa simples, mas a questão é estar bem feito!
No aguardo da resposta o quando antes...
Grata.
att,
Lívia Melo

Allan Feio disse...

Olá Livia,
infelizmente não tenho uma indicação de profissional especializado em cimento queimado.

Desculpe não poder ajudar.

Abraço
Allan

Anônimo disse...

Tenho uma sala com um piso branco horroroso que durante 7 anos escondi com tapetes. Sou extremamente alérgica e aguardo a chegada de um bebê pra breve. Penso que o laminado pode ser minha salvação mas não tenho ideia de custo, de marcas e de empresas que vendam o dito cujo. Vc pode me orientar?