quarta-feira, 16 de abril de 2008

O Charme das cortinas



Vistas já há alguns séculos como entes inseparáveis das janelas, as cortinas vêm perdendo espaço para outras alternativas, mas não seu charme. Na maior parte das vezes são feitas de tecido, mas também podem ser feitas de contas, de pequenos objetos, de fios, de faixas, tudo dependendo de sua utilização e finalidade. Em geral, as cortinas de tecido demonstram um maior cuidado com o ambiente, do ponto de vista decorativo, devido à sua tradição de recobrir janelas. Usando o tecido apropriado, elas reduzem o ruído vindo do exterior e aquecem o ambiente. Mas você realmente quer ter uma cortina: então, vamos estabelecer o que você deve pensar para escolher uma que se encaixe com você e na sua casa!
A primeira coisa a considerar é o tipo de janela que existe no espaço. Existem janelas de guilhotina, de canto, de abrir (para fora e para dentro, com uma ou mais folhas) e de correr, que são as mais utilizadas atualmente. Para escolher o modelo mais adequado para sua janela, veja a cortina que permitirá um acesso mais fácil às ferragens da mesma, possibilitando sua abertura sem necessidade de retirada da cortina da frente, pois você pode querer abrir a janela e deixar a cortina sobre o vão aberto. Algumas cortinas podem ficar presas às folhas da janela, tornando sua abertura bem fácil. Outro item a considerar é o tipo de tecido para a confecção da cortina. Em geral, tecidos como sedas, cetins e brocados são mais indicados para ambientes suntuosos com cortinas fartas. Tecidos rendados são mais utilizados em climas românticos e para cortinas que servem praticamente para um toque decorativo, não sendo necessárias para conter a luminosidade, esquentar o ambiente ou reduzir o nível de ruído. O mesmo para cortinas de tecidos finos, como os voils, algodões, linhos e cambraias. Ao contrário, os tecidos pesados como linhos bem tramados, brim, veludos e até jacquards, servem justamente para isolar bem o ambiente de seu exterior e aquecê-lo. Black-outs também podem ser utilizados com o mesmo fim, se instalados sob tecidos finos. Um terceiro e importante item: os acessórios. Atualmente existe uma variedade imensa de varões para cortinas, de materiais tão diversos como a madeira e os metais. Mas não se pode esquecer dos antigos trilhos, acabados na parte superior com bandôs, xales, escondidos pela própria cortina, embutidos no forro de gesso ou em cortineiros feitos de sancas. Para segurar a cortina nas laterais existem as braçadeiras e os botões, também em diversos materiais e formatos. Os modelos de cortinas são variados e muitas vezes dependem do exato lugar onde serão instalados. Das clássicas cortinas com dois panos que correm em trilhos ou varões, existem ainda os modelos painel fixo, romanas, "de café" (que cobrem parte da janela), "de banda" (presas às folhas da janela ou da porta), e as cortinas-xale, que complementam outras cortinas ou servem apenas para orlar uma janela. Atualmente tem-se incrementado ainda mais as cortinas com detalhes no próprio corpo do tecido, além dos detalhes das bordas laterais e bainhas, como cordões, franjas e outros tecidos. Há muitos exemplos de cortinas bordadas com contas, miçangas, sementes, apliques para se colocar flores e outros detalhes que podem encantar ou tornar sua cortina um verdadeiro carnaval. Portanto, cuidado: se você mesma for fazer, escolha bem o tipo de tecido e o modelo da cortina. Depois pense em adornos como estes, se realmente representarem um toque a mais.

13 comentários:

Ana Maria disse...

É recomendado fazer cortinas com costureira comum, ou é melhor procurar uma loja especializada?

Allan Feio disse...

Não é necessário recorrer a lojas especializadas. Existe em Belém costureiras que trabalham exclusivamente com cortinas e que não deixam nada a desejar.

Eliane disse...

Estou reformando um quarto de hóspedes e gostaria de fazer uma cortina igual esse modelo em verde musgo e com ilhós...mas para quarto teria que ser branco..qual tecido poderia usar?? Pq vou pedir para uma costureira local bem renomada fazer..

Allan Feio disse...

Olá eliane,
em quartos você pode usar o voil ou linho, que está em alta. Existe no mercado vários tipos de voils com texturas variadas, inclusive em branco, que caem muito bem. Não esqueça do black-out por trás do tecido para bloquear a luz do sol.
grande abraço

ADRIANO E LILIANE disse...

Ola Allan 1ºgostaria de parabenizar a você pelas dicas de cortinas que são muito boas,Bom Queria comentar sobre o trabalho da minha esposa que eu pessoalmente posso conciderar proficional na area de costura,quando perssebi que ela produzia belas cortinas de ilhós decidi envestir no trabalho dela,poriço pesso endicação de arquitetos e decoradores proficional, estamos oferecendo comição por endicação.
Segundo Arquitetos e decoradores asseguram que o segredo para uma cortina perfeita está no acabamento e na qualidade dos materiais. Os requisitos para um modelo impecável são a definição do tecido (leve ou encorpado, luxuoso ou rústico, dependendo do efeito pretendido) e a costura artesanal.

NOSSO BLOG:http://liliancortinas.blogspot.com
NOSSA LOJA VIRTUAL:http://lilianecortinas.temloja.com.br
FAZEMOS MONTAGEM DE CORTINAS DE
ILHOS

Obrigado.

Diana disse...

Allan, moro um apartamento alugado e quero colocar cortinas nas janelas pra reduzir a luminosidade e aumentar a privacidade. Existe alguma solução para não ter que furar as paredes?

Allan Feio disse...

Diana,
infelizmente você vai ter que furar a parede.
Não conheço outra forma de instalar a cortina.

Abraço
Allan

Anônimo disse...

Oi Alan. Estou fechando minha varanda com blindex para fazer uma sala de tv, o home é preto com madeira de demolição e quero um sofa marrom. Qual a cor q devo usar na cortina e qual modelo vc acha melhor? serão duas paredes de blindex. Obrigada.

Vanessa.

Simone disse...

Alan,no quarto tenho uma janela do modelo padrão de apartamento (alumínio e vidro) é usual colocar a cortina até o chão do quarto ou pouco para baixo da janela? Fico aguardando..Simone Castro

Allan Feio disse...

Vanessa,
como seus móveis são escuros, você pode usar um tecido mais claro nas cortinas. Pode ser um tom cru ou fendi.

Abraço
Allan

Allan Feio disse...

Simone,
pode ser usado das duas formas. Se houver algum móvel abaixo da janela, opte por uma cortina curta. Se o espaço estiver livre, a cortina pode tocar no chão.Fica bem elegante.

abraço
Allan

sinceridadedehipopotamo disse...

Allan, você poderia indicar alguma costureira?

Obrigada!

Allan Feio disse...

Oi Sinceridade de hipopótamo,
Desculpe a demora. Aqui em Belém, recomendo a Edna (8806-5412). Ela é uma excelente costureira de cortinas.
Abraços